Segunda-feira, 17 de Maio de 2004

Meu Amor

Hoje não te escrevi uma carta. Hoje fui ao cinema e não tive tempo. Também não sei onde guardei o papel perfumado onde dantes escrevia. E não encontro as que me escreveste. Guardamos tão bem as cartas importantes, que acabamos por lhes perder o norte. Hoje esqueci-me de ti e de mim. Hoje foi dia de aromas a leveza.
E além disso….

olhos.jpg

Guardo as minhas cartas de amor todas baralhadas. Depois arrumo-as em caixas de cetim. Cada uma em sua caixa, como tesouros indizíveis. E depois saboreio-as ao longo dos dias sabendo-me na vida de quem me ama até ao limite impossível dos seus sorrisos.
E saboreio cada palavra escrita como um copo de vinho tinto
encorpado
colorido
aromático
saboroso
doce.
A palavra que bebo hoje é Preciosa. Ser Preciosa torna-me a estrela do meu caminho
percorrido
novo
aventureiro
desconhecido,
que me devolve a mim.
As cartas de amor guardo-as na alma. Visto-as nos dias de festa. Visto-as nos dias em que me festejo.

Hoje não escrevi cartas de amor.
publicado por floreca às 23:18
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De floreca a 18 de Maio de 2004 às 20:31
Eu também queria sugerir isso, Lolita... mas parece que a inspiração anda em baixo...


De atuaLolita a 18 de Maio de 2004 às 20:26
Adesse, LetrasaoAcaso, Anita, almar, floreca, obrigada. Agora, por favor, escrevam uma carta… beijos :-)E vejam o novo template da menina das tintas para o nosso Levemente. http://levementerotico.blogs.sapo.pt/


De floreca a 18 de Maio de 2004 às 14:10
Eu acho que o Analfabeto ainda não percebeu que aqui escreve muita gente... Lolita, gostava de saber escrever o amor como tu o fazes... não vale a pena dizer mais nada!!!


De analfabeto a 18 de Maio de 2004 às 11:45
Colocas fotos do gajo no blog (T. P.) e perguntas-me quem é o Gabriel ???


De almar a 18 de Maio de 2004 às 09:50
Correndo o risco de repetir o que já todos disseram, acho que escreveste uma linda carta de amor e que alguém a vai receber... nós pelo menos, é certo! Bom dia! Beijinhos


De Anita a 18 de Maio de 2004 às 09:26
E eu continuo a achar as tuas palavras tristes.
Beijo.


De LetrasAoAcaso a 18 de Maio de 2004 às 08:54
Mas... escreveste uma carta de amor; muitas cartas de amor; com que te vestes e te festejas.

Beijos, miuda.


De adesse a 18 de Maio de 2004 às 08:24
será que não escreveste mesmo uma carta de amor? ;-)*


De atuaLolita a 18 de Maio de 2004 às 00:51
u is gabriel? o anjo ou o jorge? amanhã vejo a resposta. eheheh


De analfabeto a 18 de Maio de 2004 às 00:43
Quem é o malandro q te deixa neste estado... Só pode ser o Gabriel. (hihihihihihihi)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Actualizar...

. Lá terá de ser...

. Estamos de volta

. Cumprir calendário...

. Pausa

. Mais uma mudança

. SORTE OU NÃO

. Postais ilustrados - 4

. Esta carta é dirigida aos...

. MIMO

.arquivos

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Dezembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds