Quarta-feira, 14 de Julho de 2004

Confissão

Conheci o Zé na noite em que morreu. Era um rapaz saudável, generoso, inteligente, cheio de charme, uma voz melosa. Estava no último ano de não-sei-quê ligado à química. Sortudo! E eu… Eu nada. Eu era o oposto do Zé.
Conheci-lhe a família no dia do funeral. Estive lá. Que descaramento! Cumprimentei a mãe, deixei cair uma lágrima, apertei a mão ao pai, solucei, abracei a namorada, linda de morrer. Que raiva! O Zé tinha tudo. E eu… Eu nada. O Zé era tudo o que eu nunca fui.
Na noite em que o conheci contou-me a vida toda. Bebemos umas cervejas. Falou-me do curso, dos projectos, do nome que tinha para a filha que haveria de nascer alguns anos mais tarde… se não se tivesse cruzado comigo naquela noite.
Deu-me boleia, o idiota! Na viagem repetiu vezes sem conta que estava em pulgas para chegar a casa. A namorada esperava-o. Falou-me da namorada. Falou a noite toda da namorada. Depois deu-me boleia. O idiota. Teria chegado aos braços dela se não falasse tanto. Odiei-o! No dia do funeral abracei-lhe a namorada e percebi como ele tinha razão para desejar chegar a casa.
Não tive intenção. Foi apenas o instinto. Ainda me lembro da cara dele quando sentiu a lâmina nas costelas. Lembrei-me da cara dele quando abracei a mãe e apertei a mão ao pai. Mas não tive coragem. Longe de mim estragar uma cerimónia tão bonita. Que havia de dizer? “Então, tudo bem? Olhe, não leve a mal, mas fui eu quem acabou com o seu filho. Muito prazer. Chamo-me Francisco, mas por favor, não se acanhe, trate-me por Xico!”
E agora escrevo-te para que saibas o que fiz. Tenho as mãos tingidas de sangue. Vem! Não me deixes sozinho. Vem dar-me um abraço. Tenho saudades tuas.

publicado por floreca às 02:05
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De Rui Guerreiro a 15 de Julho de 2004 às 01:05
Fly_away: então porquê? És psicólogo? :) Olha, até dava jeito... lolol... fica bem!


De wind a 14 de Julho de 2004 às 15:10
Ó Fly_away, mas andas aqui a arranjar pessoal para consultas??? Isso vai assim tão mau??? lololol. Até logo:)


De Fly_away a 14 de Julho de 2004 às 14:35
Que pena... podia ser que quisesses marcar uma consulta! :)))) Fica prá próxima...


De Rui Guerreiro a 14 de Julho de 2004 às 14:17
Marta Teixeira: Olá Marta! Tenho de responder o mesmo que ao comentário anterior. O texto é ficcional, sem nenhum ponto de ligação à realidade. De qualquer forma, muito obrigado pelo teu comentário. Beijos.


De Rui Guerreiro a 14 de Julho de 2004 às 14:15
Fly_away: :) Podes sempre deixar as tuas dúvidas. À vontade! Mas neste caso é muito simples. O texto é totalmente ficcional. Nenhuma ligação à realidade... pelo menos a minha! :)


De Rui Guerreiro a 14 de Julho de 2004 às 14:13
Laurinha: Obrigado! Foi o que se arranjou :) Beijocas.


De Rui Guerreiro a 14 de Julho de 2004 às 14:12
Betty: Obrigado! :) Beijos.


De Rui Guerreiro a 14 de Julho de 2004 às 14:11
atuaLolita: É. Agora, depois de a ter relido, fico a pensar que podia muito bem ser o início de uma história bem interessante. Tenho de pensar nisso. Beijo graaaandeeee!


De Rui Guerreiro a 14 de Julho de 2004 às 14:10
Wind: eheheh! Foi um devaneio. Escrevi sem pensar. Obedeci apenas aos dedos nas teclas do computador. Saiu isto! Beijocas.


De MARTA TEIXEIRA a 14 de Julho de 2004 às 13:53
Não penses nisso; ele não quereria que pensasses assim. Tens que continuar a tua vida; só que tens que pensar melhor, no que podes fazer para a melhorar. E em ti, no que podes fazer para seres melhor do que és agora. É uma homenagem que lhe prestas. Coragem. Um abraço
Marta


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Actualizar...

. Lá terá de ser...

. Estamos de volta

. Cumprir calendário...

. Pausa

. Mais uma mudança

. SORTE OU NÃO

. Postais ilustrados - 4

. Esta carta é dirigida aos...

. MIMO

.arquivos

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Dezembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds